pedagogia
host
radios

Funcionários federais que recusarem vacina no Canadá serão colocados em licença não remunerada

Por Redação ZERO71 em 06/10/2021 às 13:04:59

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, deve anunciar nesta quarta-feira, 6, que todos os servidores públicos federais do país que não estiverem completamente vacinados contra a Covid-19 e não apresentarem justificativas médicas para a não-imunização serão forçados a tirar licença não remunerada. As informações, atribuídas a fontes oficiais, foram dadas pelo canal CTV News e pelo jornal The Globe and Mail. A medida deve ser aplicada até mesmo naqueles funcionários que estão em regime de home office, mas os jornais não confirmaram a partir de quando elas entrarão em vigor. Segundo as publicações, Trudeau também vai anunciar que o mandato para vacina será exigido a todos aqueles que trafegarem pelo país em voos domésticos, em trens interestaduais e em navios de cruzeiro. Todas as exigências devem respeitar aqueles que não se vacinarem por motivos médicos ou religiosos. Até o momento, de acordo com dados do Our World In Data, o Canadá tem 27,2 milhões de pessoas totalmente vacinadas, valor que equivale a 71,6% da população. Do início da pandemia até o momento, 1,65 milhão de casos e 28 mil mortes causadas pela doença foram registradas no país norte-americano.

Fonte: JOVEM PAN

Comunicar erro
pedagogia
host gator

Comentários

Concursso