pedagogia
host
radios

Mulher é agredida com socos e mordidas pelo companheiro na BA: 'arrancou pedaço do meu rosto'; vítima relata crime em áudio

Por Redação ZERO71 em 25/11/2021 às 17:44:13
Caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira (25), em Vila de Abrantes, no município de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. Mulher tem pedaço do rosto arrancado por mordida dada pelo companheiro

A balconista de farmácia Noemi Aida Silva Guimarães, de 40 anos, foi agredida pelo companheiro, identificado como Robson Santos de Souza, com socos e mordidas. O caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira (25), em Vila de Abrantes, no município de Camaçari, na região metropolitana de Salvador.

O g1 teve acesso a um áudio em que a vítima relata o ocorrido.

"Eu estava dormindo, ele chegou e ficou me chamando para comprar lanche às 0h, e eu falei que eu não ia. Aí eu falei: 'Eu só vou, se eu for dirigindo, porque você está bêbado', porque ele ficou insistindo para eu ir", conta.

"Na hora que voltou [para casa], ele pegou e me agarrou dentro do carro, me deu uma mordida e me deu um monte de murro. Ele arrancou um pedaço do meu rosto".

Mulher é agredida com mordida e socos pelo companheiro na BA e diz que teve 'um pedaço do rosto arrancado'

Arquivo Pessoal

Segundo a irmã da vítima, Ester Guimarães, Noemi vai passar por uma cirurgia no Hospital Geral do Estado (HGE), na tarde desta quinta, para fazer enxerto de pele, procedimento que remove a pele de uma área do corpo para outra.

"Ele arrancou pedaços do corpo dela com os dentes. No rosto mesmo, ele arrancou um pedaço da sobrancelha, está fundo", relatou a irmã.

Ainda segundo Ester, a família soube que Noemi sofreu outras agressões do companheiro, porém a vítima negava quando era questionada.

"Foi a primeira vez que a gente soube, que a gente está vendo. Soubemos de outras agressões, mas ela dizia que era mentira, só que chegou a esse ponto agora", comentou.

Noemi Aida Silva Guimarães e Robson Santos de Souza

Arquivo Pessoal

Noemi é casada com Robson há 10 anos e o casal tem dois filhos, um de três anos e outro de sete. De acordo com a Ester, as crianças teriam presenciado as agressões.

A irmã ainda disse que não sabe informar o paradeiro do suspeito. "Queremos que ele apareça, porque ele é um animal, quem faz isso é um bicho".

A família, que mora em Salvador, ficou ciente do ocorrido e acionou a polícia, após uma vizinha da vítima ligar para informar que Noemi estava sendo agredida.

A polícia foi até o local do crime, socorreu Noemi e a encaminhou para o Hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, no entanto, ela foi transferida para o HGE para fazer a cirurgia. Um Boletim de Ocorrência sobre o caso foi registrado.

Por meio de nota, a Polícia Civil informou que ocorrência foi registrada no Posto Policial do hospital e deve ser encaminhada para apuração pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Camaçari.

Veja mais notícias do estado em g1 Bahia.

Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia ????

Ouça 'Eu te explico' ????

Fonte: G1

Comunicar erro
pedagogia
host gator

Comentários

Concursso