pedagogia
host
radios
radio

Maia: Possibilidade de prorrogar estado de calamidade por 3 meses não existe

Por Redação ZERO71 em 17/10/2020 às 11:25:04

Na sexta (16), o ministro da Economia, Paulo Guedes, já havia dito ser contrário à prorrogação do decreto de calamidade pública O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), descartou a possibilidade de prorrogar a PEC do Orçamento de Guerra. Durante evento on-line da XP, neste sábado (16), o parlamentar respondeu aos rumores sobre postergação de despesas, sob risco de provocar consequências ainda piores para a população ao sinalizar ao mercado que o país consegue conter o aumento de gastos públicos.

"Lendo as matérias das últimas semanas, e até do jornal, hoje, dizendo que há uma tentativa de prorrogar a calamidade por três meses para prorrogar o auxílio, como presidente da Câmara, eu digo que essa possibilidade não existe", disse Maia.

Ontem, o ministro da Economia, Paulo Guedes, já havia dito ser contrário à prorrogação do decreto de calamidade pública assinado em razão do momento da pandemia da covid-19.

"Prorrogar a calamidade, em tese, vai prorrogar a PEC da Guerra. Automaticamente, prorrogar a PEC da Guerra vai dar a sinalização muito ruim para aqueles que confiam e precisam da credibilidade, da âncora fiscal, para continuar investindo ou voltar a investir nesse país", explicou Maia.

Para o presidente da Câmara, há uma confusão no entendimento sobre os efeitos da prorrogação do auxílio emergencial. "A política precisa compreender que os mandatários foram eleitos para construir soluções. Se as soluções fossem simples, não precisava dos representantes. Eles existem para enfrentar momentos difíceis como esses", afirmou o parlamentar.

Fonte: Valor

Tags:   Valor
pedagogia
host gator

Comentários

Concursso